• Torne-se associado da ASPEA
  • Ajude a reforçar o papel da Educação Ambiental.

XXIII Jornadas Pedagógicas de Educação Ambiental (24-26 de março de 2017, Guimarães)

Categoria: Noticias Criado em sexta, 06 janeiro 2017, 12:20

Entre os dias 24 e 26 de Março de 2017, a cidade de Guimarães receberá as XXIII Jornadas Pedagógicas de Educação Ambiental no Centro Cultural Vila Flor. Com o tema “Educação Ambiental e Eco cidadania - desafios para comunidades ambientalmente responsáveis”, o encontro contará com apresentações orais e em poster, conferências, oficinas, visitas, grupos de trabalho e discussão divididos em três eixos temáticos, que inclui a biodiversidade e espaços verdes; eco cidadania; mobilidade inteligente.

 148370533974e5712a57ee53a9ca54a48e261f503f

 

 

As XXIII Jornadas Pedagógicas de Educação Ambiental estão a ser organizadas pela Associação Portuguesa de Educação Ambiental (ASPEA), em parceria com a Câmara Municipal de Guimarães, que irá trazer para o evento convidados nacionais e internacionais, especialmente do espaço lusófono e Galiza. O evento é um momento importante de atualização de conhecimentos, troca de experiências, divulgação de investigações e o fortalecimento de instituições e da participação cidadã e comunitária. Por conseguinte, o público-alvo destas Jornadas visa os professores dos diferentes níveis de ensino e Educadores de Infância; Educadores Ambientais, Estudantes, Técnicos de ONGs e Autarquias; Investigadores; Atores Políticos; Jovens; Público em geral.

As Jornadas irão ocorrer num momento especial da cidade de Guimarães, que é candidata a “Capital Verde da Europa“. Este prémio europeu valoriza as cidades que apresentam um planeamento urbano e uma vida urbana sustentáveis, atendendo que dois terços dos Europeus vivem em cidades. As cidades verdes destacam-se por apresentar soluções inovadoras para a poluição sonora, uma abordagem preventiva e integrada à gestão dos resíduos, a implementação de soluções de mobilidade inteligente, a criação e ampliação da rede de parques e áreas de lazer, a gestão urbanística sustentável, a cooperação e parceria entre organizações públicas, cidadãos, sectores económicos. Assim, coloca-se o desafio às cidades verdes de serem as cidades do futuro na aprendizagem, inovação e liderança.

O Quadro de Referência Europeu para as Cidades Sustentáveis define 5 dimensões (ordenamento, governança, social, económica e ambiental) e 30 objetivos. Dentro dos objetivos destacam-se alguns que serão abordados em painéis nas XXIII Jornadas, como por exemplo o desenvolvimento de mobilidade inteligente, aumentar a participação cidadã, promover uma educação e formação inclusiva, mitigar e adaptar às alterações climáticas, aumentar e proteger a biodiversidade e os ecossistemas, prevenir a produção de resíduos, criar parcerias e redes de cooperação inovadoras.

Mais informações aqui