Presidente da ASPEA integra o júri de Green Project Awards

Categoria: Noticias Criado em quarta, 09 maio 2018, 15:54

green project awards

O presidente da Associação Portuguesa de Educação Ambiental (ASPEA) – Joaquim Ramos Pinto fará parte do júri de Green Project Awards, uma iniciativa de referência nacional levada a cabo pela Agência Portuguesa do Ambiente (APA), GCI e Quercus ANCN

que, desde há 11 anos, acompanha e distingue boas práticas para o desenvolvimento sustentável em Portugal.

A acção que já recebeu mais de 1200 candidaturas e distinguiu mais de 120 projetos tem como objetivos: premiar e reconhecer boas práticas em projetos, implementados em Portugal, que promovam o desenvolvimento sustentável, como complemento ao movimento de sensibilização para as temáticas da sustentabilidade, alertando e consciencializando a Sociedade Civil para a importância do equilíbrio ambiental, económico e social; dar visibilidade às entidades, empresas, pessoas e/ou instituições que identificaram uma oportunidade no apoio e promoção da sustentabilidade e que atuaram positivamente na construção do desenvolvimento sustentável; envolver os jovens, tanto a nível individual como a nível associativo, condicionando os seus comportamentos e atitudes, adotando e criando práticas sustentáveis; reforçar a sustentabilidade com vista a uma repercussão positiva no comportamento dos cidadãos e decisores em geral, fazendo da inovação e eficácia um caminho para a sustentabilidade.

Este ano pretendem «dar destaque a uma nova categoria – Urbes» uma vez que consideram os espaços verdes, o ordenamento do território, a mobilidade e a logística dos processos urbanos e a sua interligação factores preponderantes para a forma como se vêem as cidades, as aldeias as vilas e os locais.

A comissão organizadora considera que, somente, uma ação ponderada e eficaz acerca dos recursos e necessidades é capaz de criar soluções adaptadas às novas realidades e, ainda, de «reagir ao impacto das alterações climáticas e promover uma maior qualidade de vida para todos».

Desta forma, a organização pretende premiar projetos que promovam um ecossistema que contribua para a saúde pública e para o aumento da qualidade de vida dos seus habitantes.

 

O período de candidatura está aberto até ao dia 31 de maio e poderá faze-lo clicando, aqui