Painel discutiu Estratégias e Recursos em Educação Ambiental no contexto local

Categoria: Noticias Criado em sábado, 16 abril 2016, 09:43

No dia 09 de abril, segundo dia das XXII Jornadas Pedagógicas de Educação Ambiental, organizadas pela ASPEA, realizou-se num dos painéis com a exposição de Estratégias e Recursos em Educação Ambiental no Contexto Local.

A primeira exposição foi dirigida pela Fraya Van Dien, Holandesa e proprietária de uma eco-quinta em Moinhos do Dão, situada no vale do rio Dão. A exposição baseou-se na partilha de projetos e dinamizações que a mesma efectua, havendo colaborações e parcerias a longo prazo, a eco-quinta possui um grande potencial para a continuidade dos projetos. A explanadora, abordou que conseguem partilhar uma vida ligada à natureza, desenvolver atividades e modos de vida sustentáveis, mas que apesar disso tem bastantes desafios para desenvolver e programar a Educação Ambiental, tal como: saber mais sobre como é que a poluição afeta o meio ambiente, aumentar a consciência pública sobre a importância de rios limpos em Portugal e trabalhar em conjunto com todos os envolvidos para descobrir o que pode ser feito sobre a poluição.

A segunda expositora, Carla Antunes pertencente à Câmara Municipal de Tondela, abordou a origem dos projetos e a importância das políticas municipais na Educação Ambiental, realçando a promoção da sustentabilidade ambiental e a capacitação da comunidade. Entre os projetos de Educação Ambiental expostos, dois se destacam, sendo eles o “Concelho Verde” e o “Plantar Caramulos” que está bastante envolvido com o terceiro projeto os “Padrinhos da Floresta”, que surgiu na sequência do incêndio do Caramulo, desenvolvendo a reflorestação das áreas ardidas durante os anos 2014 e 2015, somando a isto, a iniciativa de voluntariado das escolas do concelho. Disse ainda que era necessário “reforçar o cuidado de cuidar do que plantamos e apadrinharmos.”

Seguindo-se a terceira expositora, Paixão Pinto, professora na Escola Secundária Viriato em Viseu, apresentou-nos o projeto “Ondas de Leitura e conhecimento”, essencialmente ligado ao mar e às espécies marítimas. Consistindo este, na promoção do gosto pela leitura, da literacia do mar e dos oceanos e da preservação do meio ambiente. Os exemplos de ações interligados com este projeto e desenvolvidos no meio escolar, intitulam-se por “Sonhar o mar”, “Maré de Palavras”, “Mar Arte”, “Rota do Conhecimento” e os “Encontros de Mar” em parceria com a ASPEA.

Por último, Jéssica Carmo, voluntária e representante do núcleo ASPEA em Viseu, que irá ser inaugurado nas instalações do Centro de Monitorização e Interpretação Ambiental de Viseu (CMIA), apresentou-nos uma breve exposição dos projetos locais, tais como: o desenvolvimento do Projecto Rios, a ação “Planta Bosques”, o projeto “My Observatory from the rivers to oceans” e a iniciativa de continuar com a comemoração dos dias do ambiente com atividades ligadas á protecção do ambiente.

Texto: Andreia Reis e Paulo Cardoso