EB1 de Santiago vai a Quinta Ecológica da Moita

Categoria: Noticias Criado em segunda, 18 junho 2018, 08:29

eb1 santiago

No passado dia 13 de junho a Quinta Ecológica da Moita – Escola da floresta, em Oliveirinha, recebeu cerca de 70 alunos do 3º ano da EB 1 de Santiago

que descobriram os espaços da quinta através de duas oficinas: “Há vida na Água” e “Trilho de Descoberta da Mata”.

Na Quinta ecológica da Moita (QEM) há sempre espaço para brincadeiras mas não deixamos de transmitir conhecimento a quem nos visita, afinal, a ideia é mesmo essa.

Assim, além de poderem explorar os nossos trilhos, de forma divertida, as crianças são orientadas para identificar a fauna e flora que compõe os caminhos da mata, assim como, através de outra oficina (“Há vida na água”) as crianças podem observar as espécies que habitam nos charcos da Mata da Moita.

Sendo a QEM um espaço onde, pontualmente, são avistadas as conhecidas ‘Vacas Louras’- nome pelo qual é conhecida a espécie Lucanus Cervus, um lucanídeo considerado Quase ameaçado pela UICN (União Internacional para a Conservação da Natureza), há sempre uma atenção redobrada por parte dos monitores/ guias da QEM. Também a existência da Rã-de-focinho-pontiagudo, uma espécie existente «com distribuição circunscrita a Portugal e à metade Oeste de Espanha» (ICNF, Atlas dos Anfíbios e Répteis de Portugal) é uma das espécies que compõe o ecossistema dos nossos charcos e, dada a sua existência limitada, é também um dos ex- líbris do espaço.

A Quinta Ecológica da Moita, resultante de uma parceria entre a Santa Casa da Misericórdia de Aveiro (SCMA) e a ASPEA, é tido como um santuário da vida selvagem por todos os que lá passam. Localizada no complexo da Santa Casa da Misericórdia de Aveiro, em Oliveirinha, dispõem de 17 hectares de Mata e da antiga casa dos caseiros ou casa Velha da quinta, que serve de apoio a todas as oficinas dinamizadas servindo, também, de centro de interpretação do que se pode ver nos trilhos existentes e no resto do espaço da quinta; biblioteca/ecoteca, espaço para exposições e, ainda, é usado como auditório para projecção de documentários/ acções de formação e outras actividades lúdicas e pedagógicas.

«Um pequeno diamante em bruto tão perto do centro da cidade de Aveiro».

Veja alguns momentos desta visita clicando, aqui!