ASPEA recebe apoio do Forestry Bureau de Taiwan para projeto "A Forest School: Recovery and Reconstruction" a desenvolver na Quinta Ecológica da Moita, Oliveirinha/Aveiro

Categoria: Noticias Criado em quarta, 29 agosto 2018, 15:47

banner embaixador

A Associação Portuguesa de Educação Ambiental (ASPEA) recebeu esta quarta-feira, dia 29 de agosto, por volta das 11h00, no Núcleo de Aveiro, o representante de Taiwan em Lisboa, o Sr. Emb. Raymond Wang,

que, em nome do Sr. Diretor do “Forestry Bureau de Taiwan” irá fazer a entrega de um subsídio de 2.000 dólares, em resultado de uma candidatura que a associação apresentou à Conservation Division Forestry Bureau para o projeto "A Forest School: Recovery and Reconstruction". 

Este apoio é concedido a ONGs de Ambiente no âmbito de uma bolsa anual para a conservação internacional. Este programa apoia projetos como a conservação de espécies ameaçadas, a proteção de habitat, a educação para a conservação entre outros.

Com este apoio, a parceria ASPEA / SCMA no projeto da Quinta Ecológica da Moita (QEM), pretende reforçar o seu trabalho de educação ambiental, aproximando as pessoas da natureza e da vida selvagem, através de atividades de conservação e reabilitação deste santuário da vida selvagem, que fica tão perto do centro da cidade de Aveiro, e em particular desenvolvendo atividades com o conceito de Escola da Floresta.

Com este projeto pretende-se, em geral, valorizar uma área que possui um enorme potencial nas áreas da conservação da natureza, educação ambiental, investigação científica e promover atividades recreativas e de lazer, eventos culturais, para além de contribuir para a publicação de guias locais de flora e fauna e produção de materiais de aprendizagem multimídia.

No futuro próximo pretende-se, também, criar um conjunto de infraestruturas e serviços que permitam a implementação de uma Escola da Floresta com oferta de atividades lúdicas e pedagógicas num compromisso firme com a conservação da natureza, atividades de educação ambiental, comunicação científica e artística, permitindo um relacionamento mais interativo e aberto com a população local.

O presidente da ASPEA, Joaquim Ramos Pinto reforça a importância deste tipo de apoios que sustentam um compromisso dos governos com políticas de conservação da natureza e de Educação Ambiental, esperando reforçar os laços no campo da Educação Ambiental através de intercâmbio entre alunos e professores, que já têm vindo a acontecer há 3 anos com visitas de grupos de alunos de Taiwan à Quinta Ecológica da Moita para o desenvolvimento de atividades de voluntariado ambiental, assim como na possibilidade de se deslocarem jovens e técnicos portugueses a Taiwan para conhecerem diferentes tipos de projetos que lá se desenvolvem. Neste encontro será abordada possibilidade de, no futuro, estabelecer intercâmbio entre organizações e atores do campo da Educação Ambiental, com atividades de formação e partilha de experiências com visitas a projetos entre Portugal e Taiwan.