Girl Mover Academy encaminha duas Jovens estagiárias para a ASPEA

Categoria: Noticias Criado em quarta, 24 outubro 2018, 15:18

banner girl move

A Associação Portuguesa de Educação Ambiental (ASPEA) recebeu esta semana em Aveiro duas jovens de Moçambique, que ao abrigo de um Projeto da Girl Move Academy pretendem aprender «boas práticas empresariais, conhecer novas realidades e aprender conceitos e processos»

que lhes permitam, aquando do regresso ao seu país de origem, ter mais-valias fortes para singrar na sua vida profissional.

Esmeralda Albino e Océlia Ferro ficaram na nossa Associação durante dois dias, onde tiveram a oportunidade de ver e questionar-nos acerca das formas mais corretas de atuação em diversos casos e contextos e, ainda, de conhecer o atelier da Pampilho. 

 

Deixamos-lhe o testemunho, da breve passagem, da Océlia e da Esmeralda: 

«Somos Jovens Moçambicanas que vem ao abrigo de um projecto da Girl Move Academy que é uma Academia de Líderes transformadoras, inovadora nas metodologias que aplica, com paixão pelo que fazemos e pelas causas em que acreditamos. É inspirada pela Mulher Moçambicana, pela sua garra e resiliência e acredita no efeito multiplicador de uma rapariga com educação. Esta Academia tem três programas nomeadamente: Believe, Lead e Change ao qual nós pertencemos.

O CHANGE é o Programa de Liderança e Empreendedorismo Social da Girl MOVE Academy. É desenhado para mulheres moçambicanas licenciadas, movidas por causas e com elevado potencial de Liderança. No fundo, trata-se de uma Pós-Graduação que se assume como uma rampa de lançamento para a carreira que ambicionamos construir. Os Estágios profissionais estão a ser uma primeira experiencia na área de vocação de cada Girl Mover, bebendo das boas práticas empresariais, conhecendo novas realidades, aprendendo conceitos e processos.

Na ASPEA, esperamos ter conhecimento em relação a protecção dos recursos hídricos, prevenção da produção de resíduos e como é feito o contacto e a relação com as comunidades de modo que elas adiram aos projectos da ASPEA. Também gostaríamos de perceber como é feita a produção de matérias para palestras e a criação de intercâmbios entre associações».

A ASPEA agradece o interesse de ambas e deseja-lhes muita sorte e sucesso nos seus projetos!