Ambiente e artistas de mãos dadas para repensar rios e ribeiras

Categoria: Noticias Criado em quinta, 15 novembro 2018, 09:50

banner rios e ribeiras

Numa iniciativa do Projeto Rios, coordenado pela Associação Portuguesa de Educação Ambiental (ASPEA), Aveiro vai receber a primeira residência artística ambiental com a finalidade de criar uma instalação artística alertando para a problemática dos resíduos nos nossos rios e ribeiras.

Esta residência artística será composta por vários artistas plásticos aveirenses e de outras regiões do país, aos quais se juntarão alunos de algumas escolas do município com a finalidade de realizarem uma instalação artística com o lixo recolhido das margens ribeirinhas do nosso país no âmbito da Campanha Rios em Movimento que decorreu nos dias 8, 9 e 10 de novembro e na Semana Europeia dos Resíduos.

A residência artística ambiental decorrerá na Quinta Ecológica da Moita, um espaço que resultou da parceria com a Santa Casa da Misericórdia de Aveiro, em Oliveirinha, durante os dias 26, 27 e 28 de novembro e de 03 a 14 de dezembro.

A residência artística será constituída por alunos de escolas do município de Aveiro e por um grupo de artistas, de várias regiões do país, composto por 7 elementos de várias especialidades artísticas, nomeadamente na área da cenografia, multimédia, pintura, arquitectura e artes plásticas.

Nesta ação vários artistas plásticos trabalharão o lixo recolhido das margens ribeirinhas, em especial do centro e norte de Portugal, durante a campanha Rios em Movimento, com o propósito de criar uma instalação artística capaz de alertar o público em geral para a importância de reduzir o impacte ambiental sobre os nossos rios e ribeiras, em especial as descargas de resíduos de forma ilegal e irresponsável.

Para Joaquim Ramos Pinto, presidente Nacional ASPEA, este género de iniciativas são uma óptima forma de conscientizar e estimular a participação da sociedade civil acerca das problemáticas dos nossos sistemas ribeirinhos, bem como, da valorização do território, uma vez que coloca as pessoas no centro das ações de Educação Ambiental e lhes permite ter um contacto direto com a problemática. Através da instalação artística que virá a ser exposta em centros de interpretação e educação ambiental, pretende-se debater o tema dos resíduos e dos riscos ambientais em rios e ribeiras de forma interativa e apelativa em ações de Educação e Comunicação Ambiental,

Esta iniciativa conta com o apoio do Fundo Ambiental, enquadrado no aviso ”Educação Ambiental + Sustentável: Repensar Rios e Ribeiras”, no âmbito da Estratégia Nacional de Educação Ambiental – ENEA2020.

Quando a Arte e o Ambiente se aliam o resultado só pode ser surpreendente! Venham descobrir connosco em que é que o nosso lixo se tornou!

Para mais informações contacte-nos através do telef: 234 092 847 ou do e-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.